O status da 4G em 2010

O status da 4G em 2010

Confira nossos E-books, Cursos, Videoaulas e Artigos em Infra de Redes!

WiMAX este ano, LTE em 2011, Por Brad Reed, da Network World

08 de março de 2010 12:08 AM ET

Se você fosse pensar na tecnologia sem fios 4G como filmes de Harry Potter, então a primeira metade de 2010 promete estar como o tempo gasto entre novos lançamentos. Você pode esperar muitos trailers excitantes e inquietantes em relação aos filmes anteriores, mas não espere ver alguma ação real até a segunda metade do ano.

Ao final de 2010, a empresa Clearwire planeja ter construído a sua rede 4G com o WiMAX para todos os mercados principais nos Estados Unidos e a Verizon espera estar oferecendo seu serviço 4G Long-Term Evolution (LTE) comercialmente entre 25 a 30 principais mercados nos EUA. Adicionalmente, a Associação do GSM está esperando que seu trabalho em Voz sobre LTE (VoLTE) esteja quase terminado e que dispositivos LTE terão a habilidade para suportar voz e Serviço de Mensagens Curtas (SMS) em algum dia de 2011.

A tecnologia 4G representa a próxima fase na evolução de tecnologias de dados sem fios e geralmente entregarão uma taxa média de download de 3Mbps ou mais alta. Em contraste, as redes 3G de hoje entregam uma taxa média típica de download de um décimo daquela taxa do 4G.

Falando em termos gerais, os usuários obterão conectividade sem fios 4G através de um de dois padrões, WiMAX ou LTE. O WiMAX está baseado no padrão IEEE 802.16 e será desenvolvido pela Clearwire para uso atacadista através da Sprint, Comcast e Time-Warner Cable para entregar broadband sem fios. Por outro lado, a LTE é uma tecnologia baseada no GSM que será desenvolvida pela Verizon, AT&T e T-Mobile.

Comecemos com a Clearwire. A companhia tem serviços de WiMAX comerciais disponível em 27 mercados norte-americanos que cobrem mais de 34 milhões de pontos de presença (POPs). No final do ano, a Clearwire terá construído uma rede WiMAX que atravessa todos os principais mercados norte-americanos e isso cobre 120 milhões de POPs. Assim se seu negócio está em uma área metropolitana principal é muito provável que você poderá acessar a rede 4G da Clearwire ao final deste ano.

Porém, você não saberá provavelmente que estará consumindo seu serviço através da Clearwire. O plano da companhia é construir a rede e então fornecer acesso por atacado para companhias com marcas maiores como a SPRINT, a Comcast e a Time-Warner Cable. A Clearwire está contando com estas companhias para promover seu serviço WiMAX agressivamente, especialmente porque o WiMAX é atualmente a tecnologia sem fios mais rápida disponível no mercado. Os sócios atacadistas da Clearwire também fizeram um grande trabalho criando um fundo de investimento para a rede, elevando o capital da Clearwire para $3.2 bilhões, a partir de seus sócios importantes do serviço a Cabo e também das companhias tecnológicas de grande nomes como o Google e Intel.

“Nosso negócio por atacado está passando agora mesmo por um extraordinário crescimento”, diz Mike Sievert, Diretor Comercial da Clearwire. “Nós fechamos contrato com mais de 46,000 clientes atacadista ao final do último trimestre do último ano e nós estamos em passo de fazer significativamente mais neste trimestre. Nós temos Comcast, Sprint e a Time-Warner Cable como nossos sócios por atacado ativos e nós acreditamos que vendendo por essas sociedades será a estratégia de crescimento principal para nosso negócio”.

Os planos de LTE da Verizon

Diferentemente da Clearwire, a Verizon não terá uma rede 4G costa a costa pronta para funcionar no final do ano. Porém, ela planeja ter sua rede LTE funcionando em mais de 30 mercados principais em 2011. Tony Melone, o vice-presidente executivo e CTO da Verizon Wireless, diz que a companhia passou o último ano aprontando sua infra-estrutura 4G para estar on-line no final deste ano, incluindo suas antenas, backhaul e trabalho de aluguel dos terrenos onde estão as torres.

A partir disso, a Verizon trabalhará para ampliar sua rede LTE substancialmente ao longo de 2011, tanto que planeja dobrar seu número total do seu mercado 4G no início de 2012. Ao final de 2013, a companhia planeja ter sua rede inteira 3G pegada coberta pela sua tecnologia 4G e também ampliar seus serviços 4G em áreas que não têm 3G atualmente. Melone diz que a companhia estará usando primariamente um espectro de 22MH que obteve durante leilão da banda de 700MHz em 2008 para construir nacionalmente sua rede de LTE .

“A coisa importante para nós é que 100% do espectro 700MHz que nós ganhamos através do leilão do FCC alguns anos atrás será usado para serviços 4G”, ele diz. “O espectro 700MHz nos dá tremendas vantagens de propagação contra as pessoas que estão desenvolvendo o LTE nas gamas de espectro mais altas. O espectro de 700MHz significa que teremos menos sites requeridos e nós teremos melhor penetração nos prédios.”

A companhia também está trabalhando com fabricantes de dispositivos para assegurar que um ecossistema de dispositivo saudável estará disponível para usuários quando a rede for lançada no final deste ano.

“Então, sendo agressivo e desenvolvendo esta tecnologia antes que qualquer outro, parece que o ecossistema se movimentou conosco”, Melone diz. “Assim há muitos chipsets e dispositivos que estão prontos para funcionar e nós nos sentimos prontos para iniciar a ida para o mercado em pouco tempo”.

Os mais novos utilizadores do LTE descobrirão, porém, que os dispositivos serão apenas para transmissão de dados no início, não suportando a voz. Para corrigir isso a AT&T, Verizon e várias outras companhias de Telecom e fabricantes de dispositivos juntaram forças no final do ano passado para ajudar no desenvolvimento de suporte a padrões de voz e de SMS para o LTE. No mês passado, a Associação de GSM decidiu adotar o perfil das operadoras para a Voz sobre o LTE em um esforço para evitar fragmentação dos padrões de voz no LTE, antes da tecnologia se tornar mais adotada amplamente. A associação disse que abraçou a aproximação baseada na iniciativa do IMS de VoLTE desde que o IMS “suporta todas as características de chamada de serviço de voz, tais como chamada em espera, retenção de chamada e bloqueio de chamada.”

Melone diz que até mesmo se os padrões de voz para LTE forem postergados para o final do ano, os usuários não deveriam esperar serviços de voz 4G estarem extensamente disponíveis ao início do lançamento da rede da Verizon. Ao invés disso, a companhia confiará em uma combinação de 3G para voz e 4G para serviços de dados em sua oferta inicial de dispositivos, ele diz.

“As capacidades técnicas para voz no LTE estarão disponíveis no prazo de 2011”, ele diz. “A pergunta para nós será se nosso alcance será suficiente ao ponto de prover os clientes com uma boa experiência na voz sobre o LTE, ou se nós seremos melhores em oferecer cobertura para voz em 3G e dados para o 4G.”

Em outras palavras, não espere uma revolução 4G varrer a terra imediatamente durante os próximos dois anos. Como outras tecnologias no passado, o desenvolvimento 4G requererá um longo processo de tentativa e erro, como também sistemas híbridos para servir como pontes de tecnologia legado para nova tecnologia proposta.

“Em algum ponto, a voz sobre 4G LTE se tornará a norma”, Melone diz. “Mas nós podemos ter que começar com dispositivos de dual-rádio (um rádio para voz e outro para dados).

http://www.networkworld.com

12/03/2010

Observações: o texto trata do mercado americano. Então faça a relação com nosso país.

Uma nova tecnologia sempre leva um bocado de tempo para ficar madura. Os “early adopters”, primeiros usuários, normalmente correm o risco de serem os cobaias destas novas tecnologias, mas normalmente fazem isso de forma espontânea (quem pode pode, quem não pode se sacode…..)

Tradução e adaptação Ademar Felipe Fey

12/03/2010

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em Redes de Computadores, Telecomunicações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s