A Guerra do 4G está iniciando – Na corrida pela primeira e mais rápida, a operadora móvel pode estar confundindo os usuários

Confira nossos E-books, Cursos, Videoaulas e Artigos em Infra de Redes!

A Guerra do 4G está iniciando – Na corrida pela primeira e mais rápida operadora móvel pode estar confundindo os usuários

Do original 4G war of words is on – In the race to be the first and fastest, mobile operators may end up confusing users. By Nancy Gohring, IDG News Service. January 10, 2011 08:00 PM ET

As operadoras móveis estavam em pleno vigor no International Consumer Electronics Show, em Las Vegas, na semana passada, promovendo as melhoras nas suas redes de dados e revelando novos dispositivos. Mas, com seus esforços de marketing na ultrapassagem, as operadoras podem confundir ao invés de atrair usuários.

A AT & T, por exemplo, começou a chamar sua atual rede  HSPA +, que foi atualizada, de 4G em vez do 3G. Não é a rede mais rápida importantes do país – a qual é a LTE da Verizon, com base nas velocidades anunciadas – mas a AT & T diz que tem um melhor caminho de transição para a sua rede de próxima geração.

“Hoje, estamos vendo a  4G em mercados HSPA + com maior retorno, com velocidades de até 6 Mbps”, disse Ralph de la Vega, da AT & T Mobility, presidente e CEO, durante a cúpula de desenvolvedores da sua empresa, realizada na CES.

“Nós temos o melhor caminho de transição para a 4G e nós somos a única empresa dos EUA com esse plano”, disse De la Vega.

Ele está argumentando que o plano da AT & T é melhor do que o da Verizon porque uma vez que a AT & T começe a lançar a LTE, os usuários poderão retornar a utilizar a rede HSPA +, se for necessário, o que pode proporcionar velocidades de até 6 Mbps de download. Na CES, a AT & T disse que vai avançar a sua linha do tempo para implantarem a LTE, com lançamentos a partir de meados deste ano.

A Verizon, porém, está indo direto da sua rede 3G existente para a LTE, sem uma etapa intermediária, comoa  HSPA +. Isso significa que usuários que não estão nas áreas de abrangência da LTE serão levados à rede 3G mais lenta Verizon, a rede EV-DO Rev. A (Evolution-Data Optimized), que oferece velocidades de download de cerca de 600 kbps a 1,4 Mbps.

Ainda assim, mesmo que a Verizon não tenha a rede “4G” HSPA + da AT & T, ela tem uma vantagem de possuir a mais rápida rede LTE. A Verizon lançou a rede LTE em 38 mercados em dezembro, e na semana passada ela disse que está acelerando o seu caminho de atualização para que outros 140 mercados entrem em operação este ano. Atualmente, a rede LTE da Verizon cobre 100 milhões de pessoas, e em 18 meses vai atingir 200 milhões de pessoas, Tony Melo, diretor de tecnologia da Verizon, disse na CES. Ele disse também que a rede deve oferecer 5 Mbps para 12 Mbps na velocidade de download.

Em outro assunto confuso, a T-Mobile, na semana passada, também anunciou novos planos para a sua própria rede HSPA +, “4G” dizendo que irá duplicar a velocidade de modo que seja capaz de fornecer uma espantosa velocidade de 42 Mbps. Isso, no entanto, seria a taxa de download se apenas uma pessoa estivesse conectado em um dado momento de uma torre de celular. Operadores em geral, tentam oferecer aos usuários uma aproximação mais realista da velocidade que eles vão obter em uma situação da vida real, quando a rede de compartilhamento com outras pessoas estiver acontecendo.

Para tornar a situação ainda mais complicada, a União Internacional das Telecomunicações (ITU-T), deu uma reviravolta sobre o que as tecnologias possuir para receberem oficialmente o apelido de 4G. Em novembro, o Setor de Radiocomunicação do ITU disse que a única tecnologia que se qualifica como 4G será uma versão futura da rede LTE, chamada de LTE-Advanced, e da próxima geração do WiMax, conhecida como WirelessMAN-Advanced.

No entanto, no início de dezembro, parecia ceder a partir dessa posição. A partir de um comunicado de imprensa, ela disse que a LTE e WiMax podem ser chamado de 4G, uma vez que oferecem um melhor desempenho em relação às redes 3G.

Os consumidores também podem ser confundidos, pois as taxas de dados que recebem, em última análise, vai depender se eles têm um dispositivo que funciona em redes mais rápidas. Atualmente, a única forma de acesso à rede LTE da Verizon é usando um “USB dongle” com um computador portátil.

Inúmeros novos dispositivos foram anunciados na semana passada, alguns dos quais já estão disponíveis, para rodarem em todas as redes mais rápidas. A AT & T disse que planeja lançar 20 novos dispositivos 4G este ano, com a primeira aparição em março. Um dos novos celulares da Motorola é o Atrix, que funciona em HSPA +. O Atrix pode ser acoplado a uma “docking station”, que se parece com um laptop, mas não tem CPU.

A Verizon mostrou 10 novos dispositivos que funcionarão em sua rede LTE, incluindo um dos primeiros tablets para executar a versão Honeycomb do sistema operacional Android do Google. Esse tablet, o Xoom, virá da Motorola. A primeira versão será executado na rede 3G da Verizon, mas os compradores poderão beneficiar-se de um upgrade de hardware mais tarde, que irá torná-lo compatível com a rede LTE. A Verizon ainda não está explicando a logística de tal upgrade de hardware.

Nancy Gohring cobre reportagens sobre telefonia móvel e computação em nuvem para a The IDG News Service.

Disponível em: http://www.networkworld.com/news/2011/011111-4g-war-of-words-is.html?source=NWWNLE_nlt_network_optimization_2011-01-11

Acesso em: 14/01/2011

Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 18/01/2010

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em Redes de Computadores, Telecomunicações, Tendência em Redes e áreas afins e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s