Para onde irão os endereços IPv4?

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Para onde irão os endereços IPv4?

Últimos blocos estão prestes a serem distribuídos para os orgãos de registros regionaisDo original Whither go the IPv4 addresses? Last blocks about to be distributed to the regional registries. By Kerrie Meyler on Tue, 02/01/11 – 11:17am.Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 02/02/2011

O APNIC (Asia Pacific Network Information Centre) pediu e está recebendo dois grandes blocos de endereços IPv4, o que está provocando a liberação dos últimos cinco blocos para os cinco registros regionais da Internet (RIRs).

O que isto significa é o que temos ouvido falar há anos – o esgotamento de endereços IPv4 – está sobre nós.

Como isso funciona: a ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers) aloca endereços IP para os registros regionais, que por sua vez, atendem as solicitações dos ISPs e outros clientes em suas regiões, de pequenos blocos de endereços. Depois que o IANA lançou mão do último dos seus chamados blocos “/ 8”, cada um deles contém cerca de 16 milhões de endereços, os RIRs não terão oferta adicional para atender novas solicitações, após terem cumprido as solicitações atuais dos seus clientes.

Isso não significa que de repente você não pode obter um novo endereço IPv4 público. Não são apenas estes os blocos restantes mantidos pelos RIRs, existem alguns endereços deixados em blocos mais antigos, atribuídos antes da RIRs terem sido estabelecidos, que os RIRs dividem entre si. Contudo, dada a rápida adoção de novos endereços em algumas partes do mundo, esses recursos podem ser utilizados em breve. Uma razão para isso é porque as organizações estão preocupadas que os endereços irão acabar, assim elas se candidatam para obtê-los com antecedência – enquanto elas podem.

O IPv4, instituído em 1983, permite cerca de apenas 4,3 bilhões de endereços, e devido à natureza da sua concepção de octetos, nunca teve um algoritmo especialmente eficiente para a distribuição. O IPv6 tem um espaço de endereço muito maior, permitindo um número quase ilimitado de endereços únicos.

O interessante é que, uma vez que temos que começar a confiar apenas em endereços IPv6,  os equipamentos e software mais velhos, construídos somente para o IPv4 vão se tornar rapidamente obsoletos – ou, no mínimo, necessitarão de um esforço adicional para funcionar com o IPv6.

Um exemplo disso é o Windows XP, que não foi escrito para incluir suporte a IPv6. O IPv6 foi adicionado no SP2, mas não é habilitada por padrão – ele tem que ser instalado e ativado manualmente usando o comando netsh. O XP não parece integrar a funcionalidad DHCPv6, embora haja software externo para isso. A Microsoft também lançou uma IPv6 Technology Preview para o Windows 2000 em 2008.

Para aqueles de vocês que querem se divertir obtendo a certificação MCSE, que inclui a aprendizagem da matemática por trás do esquema de endereços IPv4, eu acho que é um conjunto de habilidades no caminho para entender o Ipv6. E para aqueles com os sistemas operacionais mais antigos – se você não implementou as soluções para o IPv6, provavelmente chegou a sua hora de começar a pensar nisso. Não se esqueça que, se você tiver sistemas de software de gerenciamento, você pode automatizar esta aplicação!
Disponível em: http://www.networkworld.com/community/node/71103

Acesso em: 02/02/2011

Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 02/02/2011

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em IPV6 e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s