Do IPv4 para o IPv6: Mudanças estão por vir.

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

capa Dominando o IPv6 1a ed_batcapa Dominando Sub-redes no IPv6 e IPv4 1a ed_bat

Do IPv4 para o IPv6: Mudanças estão por vir.

Caxias do Sul, 03/06/2011

Autores: Ademar Felipe Fey e Raul Ricardo Gauer

Professores independentes de cursos técnicos na área de infraestrutura de redes na modalidade de ensino a distância desde 2009 e com mais de 10 anos de atuação em ensino presencial tecnológico.

O protocolo IP tem um longo período de convivência (+/- 30 anos) com os profissionais de redes de computadores e de tecnologia de informação. Sua implementação foi fundamental para a afirmação das redes de computadores da década de 1970 do século passado em diante.

O protocolo IP se juntou ao TCP, formando o conjunto de protocolos chamado de TCP/IP, e a rede das redes, a Internet, se tornou possível. O acesso à informação se popularizou e vimos um crescente número de novas aplicações, equipamentos e de novas redes do mundo inteiro precisando se conectar a Internet utilizando um endereçamento IPv4.

O crescimento foi exponencial e logo os engenheiros da Internet se deram conta de que os 32 bits do endereço IPv4 não iriam dar conta do recado. Projetaram então o IPv6, com seus 128 bits de comprimento, e com um aparente número muito grande de IPv6s a serem distribuídos para atender essa nova demanda.

O fato então é que na área de comunicação de dados os protocolos ”morrem”, se é que podemos usar esta palavra. Alguém se lembra do Protocolo DECnet?  Ou da arquitetura SNA? Já não existem mais, apesar de na sua época serem protocolos de rede amplamente usados. O SNA, por exemplo, serviu de modelo para a criação do modelo OSI.

Quando protocolos novos mostram-se mais eficientes, suprindo as necessidades no ambiente de rede, ninguém fica chorando a morte do passado. O profissional sacode a poeira e dá a volta por cima.

O que queremos dizer é que não precisamos ver o IPv4 morrer para descobrirmos que o IPv6 é a resposta aos desafios da atualidade em termos de interconexão de redes.

A gama de serviços disponibilizados no futuro vai exigir o esquecimento do IPv4, sem dúvidas. Será que nossa acomodação e resistência ao novo vão fazer o velho ditado dar certo “aprender a nadar quando a água bater nas canelas”?

Uma coisa é certa. Não tem mais tempo para inventar nada de diferente. O IPv4 vai morrer, não tenham dúvidas. Será daqui a 10 anos, 20 ou mais? Não sabemos, mas certamente vai. Veja o exemplo do SNA.

Para projetar e implantar um novo Protocolo leva-se bem mais que 10 anos, então o que estamos esperando? O IPv6 está ai e vai ficar. Você sabe o que é o IPv6? Como funciona? Quais seus novos benefícios? Está esperando o quê?

Venha conosco enfrentar este novo desafio. Participe, discuta, opine, erre e acerte, mas não fique sem fazer nada.

Comece agora, comece já.

O IPv6 está batendo à sua porta, vai negar que ele está ai? Deixe entrar e aprenda a conviver com ele, junto conosco.

Você está convidado a participar do primeiro curso EAD sobre o IPv6.

Saudações.

Autores: Ademar Felipe Fey e Raul Ricardo Gauer

Professores independentes de cursos técnicos na área de infraestrutura de redes na modalidade de ensino a distância desde 2009.

Consulte sobre nosso curso de IPv6

Para saber mais sobre nosso curso on-line sobre o IPv6 envie e-mail para cursosead.aff@gmail.com solicitando maiores informações.

Caxias do Sul, 03/06/2011

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em IPV6 e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Do IPv4 para o IPv6: Mudanças estão por vir.

  1. Rodrigo disse:

    Olá.
    Também sou a favor da atualização do conhecimento mas, será que este padrão já está sendo utilizado ou há planos para tal?

    abçs

    • ademarfey disse:

      Olá Rodrigo,

      O IPv6 já está em funcionamento. Por exemplo, o Google, Yahoo e o Facebook já o utilizam.
      No último dia 8 várias empresas fizeram um teste global na interconexão de suas redes com o IPv6.

      Os especialistas afirmam que entre este ano e o ano que vem o IPv4 não será mais entregue.

      O crescimento de aparelhos móveis pessoais me parece ser o grande impulsionador do IPv6, tendo em
      vista a grande demanda por endereços IP públicos que as empresas de Telecom estão necessitando
      para atender os seus clientes.

      Abc,

      Ademar
      Assim que possível iremos liberar mais posts sobre este assunto.

      Um abraço,

      Ademar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s