Tendências da evolução da banda larga

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos em infra de Redes!

Tendências: A evolução da banda larga

Do original Trends: The evolution of broadband.  By Larry Hettick, Network World . May 04, 2012 01:46 PM ET.

Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 229/05/2012.

A maioria dos principais prestadores de serviços de rede têm relatado seus resultados do primeiro quadrimestre de 2012, e nós vimos que as mesmas tendências continuam a partir de trimestres anteriores: serviços de voz legados de fornecedores tradicionais continuam a declinar em favor de substituição por redes sem fio e substituição por serviços digitais (VoIP). As companhias de cabo continuarão a ver um ganho líquido de voz digital, embora a taxa de crescimento continua a ser lenta nos dígitos individuais; grande parte deste crescimento líquido é impulsionado por pequenas empresas de conversão para VoIP.

Vimos também algumas tendências interessantes em desenvolver serviços de banda larga no último ano – e especialmente nos últimos seis meses, com o rápido declínio dos serviços de ADSL, tanto do consumidor e os setores de pequenas empresas. Muito desta tecnologia de banda larga legada está sendo substituída por serviços baseados em fibra como o serviço FiOS da Verizon, ou com serviços de modem por cabo, com captação notável para os mais rápidos níveis entregues pelo DOCSIS 3.0 que agora está amplamente disponível, com as taxas de downstream de 50Mbps e acima. Por exemplo, a Verizon parou de efetuar novas vendas de serviços ADSL onde tem o serviço FiOS disponível. Exemplificando o sucesso da empresa a cabo com níveis mais rápidos de banda larga, a Comcast relata que 26% dos clientes de modem por cabo se inscreveram para as camadas superiores do provedor de banda larga.

Mesmo o 4G/LTE é um fator, porque pode substituir conexões com fio. Por exemplo, a Verizon Wireless oferece agora um serviço “HomeFusion.” Os clientes HomeFusion estão conectados a um modem sem fio LTE, recebendo velocidades downstream de 5Mbps para 12Mbps e velocidade de upload de 2Mbps para 5Mbps. No entanto, como este serviço também vem com bandas de uso (10GB por exemplo, de dados por US $ 60 por mês), esta opção sem fio provavelmente só faz sentido quando as opções com fios não estão disponíveis.

Como já discutimos antes, pensamos que muito dessa demanda por mais velocidade é impulsionada pelo aumento da demanda para streaming de vídeo, áudio e chamadas de videoconferência. Segundo relatos da Sandvine, o tráfego de Internet fixa varia conforme a região, mas a Sandvine constatou que, em 2011, a Netflix streaming representaram mais de 32% do tráfego de pico de horas da Internet na América do Norte (a Sandvine fornece soluções de rede de controle de políticas, o acesso à informação sobre a empresa e os seus relatórios de tendências pode ser encontrada a partir daqui.)

Nós chamamos a atenção dos nossos leitores para essas tendências, pois muitos usuários comerciais que dependem da Internet para o acesso a comunicações unificadas devem sempre compartilhar a internet com outros usuários empresariais e com os demais consumidores, e por causa do acesso mais rápido de banda larga também estão permitindo melhores opções para acesso remoto a soluções de UC. Nós vamos continuar a monitorar como o acesso e as aplicações afetam a Internet como uma forma de identificar as tendências evolutivas.

Steve Taylor é presidente da Distributed Networking Associates e editor / editor-chefe de Webtorials. Larry Hettick é o principal analista da Current Analysis.
Disponível em: http://www.networkworld.com/newsletters/converg/2012/050712convergence1.html?source=NWWNLE_nlt_convergence_voip_2012-05-07

Acesso em: 07/05/2012

Anúncios
Esse post foi publicado em Redes de Computadores e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s