A certificação CCIE completa 20 anos : Como a Cisco transformou a si mesma e ao mundo da TI

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

A certificação CCIE completa 20 anos : Como a Cisco transformou a si mesma e ao mundo da TI

Do original CCIE turns 20: How Cisco transformed itself and the IT world.By Zeus Kerravala on Wed, 08/21/13 – 10:30am. Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 31/08/2013.

A certificação Cisco Certified Internetworking Engenieer ( CCIE ) – Engenheiro de Intereconexão da redes da Cisco – uma certificação para a elite de profissionais de rede, celebra o seu 20º aniversário.

Vamos voltar atrás o relógio por 20 anos e relembrar o que estava acontecendo. Mark Zuckerberg tinha nove anos e aprendeu a programar em um computador Atari . Aliás, eu era um grande fã do Atari, mas não o rentabilizei o bastante como o futuro fundador do Facebook . Whitney Houston alcançou o 1 º lugar nas paradas de música da Billboard com “I Will Always Love You ” e A Lista de Schindler ganhou o Oscar de melhor filme.

Em tecnologia, a Cisco pagou um pouco menos de US$ 100 milhões para adquirir a Crescendo Communications, o que deu à Cisco sua linha de switches Catalyst 5000, bem como os executivos Luca Cafiero, Prem Jain, Mario Mazzola, Randy Pond e Jayshree Ullal. Também em 1993, a Cisco introduziu a sua certificação Cisco Certified Internetworking Engineer (CCIE) para o mundo, criando uma certificação de alto nível para a elite de profissionais de rede . De muitas maneiras, foi a aquisição da Crescendo que transformou a Cisco, a partir de uma empresa de nicho em roteadores, em uma grande empresa fornecedora de soluções para as redes de compurtadores. No entanto, foi a criação do programa de certificação e, mais notavelmente o CCIE, que criou o fornecedor dominante de soluções para redes que conhecemos hoje

Lembro-me que há muitos anos, um repórter perguntou-me por que meu cliente pagava um preço premium para um hardware da Cisco. Ele se baseava em que  qualquer cliente podia entender o custo de um Cisco de 10K (US$ 10.000) e perceber as margens “saudáveis” (lucro) que a Cisco obtinha em comparação com outros fornecedores de redes, e ele realmente não entendia por que os clientes pagavam tanto para a Cisco. Argumentei que o todo o programa de certificação Cisco, particularmente o CCIE, criou um exército de engenheiros de redes que sabiam como construir redes do jeito da Cisco. Quando a decisão é deixada para um engenheiro da Cisco com certificação de qualquer nível, há uma certa segurança no uso do equipamento.

Não se engane – a CCIE é uma das certificações mais difíceis e elitista da indústria para se obter. Antes de ser um analista, eu trabalhava para uma empresa de consultoria que colocava tanta ênfase no CCIE (porque poderia cobrar muito mais dos seus clientes, caso que seria ao contrário se contratasse qualquer outro engenheiro) que a empresa ofereceu um bônus de US$ 25 mil para quem fosse aprovado no exame CCIE . Para aqueles que não estão familiarizados com o processo do exame, ele começa com uma prova escrita, que abrange quase todos os elementos das redes e, em seguida, por um período de oito horas, com tarefas de laboratório. Eu sei que muitos engenheiros que passaram na parte escrita do exame, mas não conseguiram passar na parte prática do laboratório.

É esse “elitismo” que impulsiona a preferência pela Cisco dentro da TI corporativa. Muitos engenheiros que eu conheço consideram a “Cisco” como sendo um caminho para a carreira ao invés de simplesmente trabalhar em redes. O que quero dizer com isso é que eles começam com uma das certificações de nível inferior, como a CCNA, e motivam-se pela responsabilidade e certificações ao longo do caminho . Mudando de fornecedor de redes seria inviabilizar essa carreira. Alguns anos atrás, eu me lembro de uma discussão com um CTO de uma universidade em relação ao upgrade da rede . Ele havia considerado a migração para um fornecedor concorrente, mas a quantidade de trabalho que seria necessário para treinamento tornou-se um custo proibitivo . A largamente utilizada base de conhecimento, quase um padrão de facto, é uma das razões de tantos concorrentes copiarem o CLI (comando na linha de digitação) do Cisco.

Para o CIO (Gerente de TI), a decisão de utilizar a Cisco possibilita à organização uma ampla base de engenheiros para encontrar talentos. Vá para a  Monster.com e procure como Cisco Certified Engineers, e você literalmente terá centenas de acessos localizados. Agora coloque uma ProCurve ou Junos Certified Engineer, e o range de acessos localizados será significativamente menor.

Hoje, a Cisco oferece mais de 45 diferentes certificações de redes, das quais 8 são da classe CCIE. Considerando-se que a tendência em TI está se movendo na direção de redes centradas em mudanças de paradigmas de computação, tais como computação móveis e em nuvem, o papel do profissional em interconexão de redes só vai se tornar mais importante, o que deve fazer o CCIE ainda mais da elite ao longo da próxima década.

Feliz Aniversário CCIE. Desfrute de sua vida adulta.

Disponível em: http://www.networkworld.com/community/blog/ccie-turns-20-how-cisco-transformed-itself-and-it-world?source=NWWNLE_nlt_network_optimization_2013-08-22

Acesso em: 22/08/2013

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em Carreira, Certificação e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s