Momento de Ímpeto para o IPv6

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Momento de Ímpeto para o IPv6

Resumo : Nós estamos continuando a usar os endereços da Internet IPv4, mas o protocolo IP da próxima geração, o Ipv6, está finalmente começando a pegar força, em grande parte por causa de smartphones 4G.

Do original IPv6 gathering momentum By Steven J. Vaughan-Nichols for Networking. September 27, 2013 — 15:17 GMT (08:17 PDT).

Traduzido por Ademar Felipe Fey em 31/10/2013.

Os usuários comuns não têm que se preocupar com a mudança a partir da Internet IPv4, de estilo antigo, para o IPv6… ainda. As empresas são outra questão. A Europa, o Oriente Médio e alguns países da Ásia Central ficaram sem endereços IPv4 em 2012. O resto da Ásia utilizou até o último de seus endereços IPv4 em 2011. Nos Estados Unidos, no Canadá e na maioria das ilhas do Caribe? Estamos com direito de uso do Ipv4 até o último dos endereços atribuídos pela American Registry for Internet Numbers (ARIN), os quais devem acabar em 6 de janeiro de 2015. Sorte nossa.

Felizmente, estamos lentamente, muito lentamente, movendo-nos para o IPv6. Em grande parte, isso é devido ao crescimento de telefones 4G e tablets.

Como Phil Roberts, gerente do programa de tecnologia para a Internet Society, escreveu: “Esta semana, a internet passou um marco significativo na implantação global do IPv6: a porcentagem de usuários que alcançam os serviços do Google usando o IPv6 cruzou o limiar de 2 por cento, de acordo com estatísticas publicadas regularmente do Google. Isto ainda é uma percentagem relativamente pequena, é claro, mas é importante como uma medida do aumento da utilização do IPv6 globalmente.”

Dois por cento? Sério? Realmente, isso é uma grande coisa? Sim, é .

Outra maneira de olhar para esse aumento é que, em “um pouco menos de um ano, a quantidade de tráfego IPv6 dobrou… e depois de tantos anos com tão pouco  crescimento, a linha de tendência agora está se movendo na direção certa.”

Empresas e governos têm resistido  na mudança do IPv4 para o IPv6 como um combate da criança na hora de ir dormir . As empresas de Telecomunicações, que necessitam de grande quantidade de endereços de internet, foram abraçando o IPv6.

Roberts continuou: “Este é um bom augúrio para a implantação contínua do IPv6. Vimos recentemente que muitos operadores de rede ao redor do mundo começam a implantar o IPv6 para seus assinantes, e muitos operadores de rede que já tinha começado esse processo continuaram a aumentar suas próprias ofertas.

Dan York, estrategista sênior de conteúdo da Internet Society e blogger da CircleID, pensa que o IPv6 finalmente está crescendo por causa de muitos fatores. “Obviamente, não foi o lançamento mundial do IPv6 no ano passado, que reuniu um grande número de operadores de rede e provedores de conteúdo, todos habilitados para IPv6,  incluindo muitos dos maiores sites do mundo. Também vimos muitas das grandes implantações, como a rede da Comcast nos EUA. Eu também suspeito que a implantação crescente de redes LTE no espaço wireless está a contribuir, tanto que essa implantação tem envolvido o IPv6 desde o início ” .

Sim, isso é certo. O seu telefone 4G já pode estar usando um endereço IPv6. Em abril de 2013, mais de 25 por cento do tráfego da Verizon Wireless era sobre o IPv6. Como o tráfego de 4G aumenta, então o uso do Ipv6 também aumentará.

Lenta e calmamente, o IPv6 realmente está se movendo para a internet. À medida que continuamos a ficar sem endereços IPv4, o Ipv6 pode não vir rápido o suficiente.

Steven J. Vaughan- Nichols, aka sjvn , tem sido escritor sobre a tecnologia e os negócios de tecnologia desde que o CP/M-80 era o sistema operacional de ponta do PC. O SJVN cobre assuntos de redes, Linux, de código aberto e sistemas operacionais.

Disponível em  http://www.zdnet.com/ipv6-gathering-momentum-7000021240/

Acesso em 31/10/2013

Traduzido por Ademar Felipe Fey em 31/10/2013

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em IPV6, Redes de Computadores, Telecomunicações e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s