E-book Configuração de Roteadores e Switches Cisco Nível Intermediário 3a edição (Formato PDF – 316 páginas tamanho A4)

E-book Configuração de Roteadores e Switches Cisco Nível Intermediário 3 a edição (Formato PDF – 316 páginas tamanho A4)

capa-crsi-blog

Versões disponíveis (responsabilidade da venda por sites externos):

PDF (site Loja Virtual de TI) ==>  ver preço e comprar

Kindle (site Amazon)  ==> Ver Preço e Comprar – clique aqui

ePub (site Kobo) ==> Ver Preço e Comprar – clique aqui

Impressa (site Clube dos Autores) ==> Ver Preço e Comprar – clique aqui

Resumo:

As configurações ditas Intermediárias e Avançadas podem ser consideradas como um avanço em relação aos conhecimentos adquiridos no e-book de Nível Básico.  Este novo e-book tem por objetivo proporcionar ao leitor orientações na arte de configurar os Roteadores e Switches da marca Cisco, fabricante dominante na área, cujos princípios servem de modelo para diferentes fabricantes. As orientações sobre as configurações intermediárias e avançadas possibilitam a obtenção de um conhecimento diferenciado por parte do profissional da área de infraestrutura de Redes de Computadores.

PREFÁCIO DA 3ª EDIÇÃO

Na 3ª edição foram realizadas as seguintes melhorias:

  • Revisão total do texto;
  • Atualizações em diversos capítulos;
  • Inclusão de Estudo de Caso completo envolvendo configurações de Switches de Nível 3;
  • Reconfiguração do capítulo de comandos incluindo a relação de comandos pelo modo de configuração utilizado e pelo assunto de configuração a ser realizada.

O comprador do e-book recebe o arquivo com as topologia(s) utilizada(s) nos estudos de caso (solução dos estudos de caso).

Sumário:

CAPÍTULO 1 BÁSICO DE ROTEADORES.. 23

1.1 INTRODUÇÃO.. 23

1.2 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DE UM ROTEADOR.. 23

1.3 O HARDWARE BÁSICO.. 24

1.3.1 Componentes do Hardware. 25

1.4 INICIANDO O ROTEADOR.. 25

1.5 MODOS DE ACESSO AO ROTEADOR.. 26

1.6 O FLUXO DE DADOS.. 27

1.7 MODOS DE OPERAÇÃO DO ROTEADOR.. 27

1.8 MODOS DE CONFIGURAÇÃO.. 28

1.9 MODOS EXEC DO ROTEADOR.. 28

1.10 HELP OU AJUDA NA LINHA DE COMANDO.. 29

1.11 COMANDOS AVANÇADOS DE EDIÇÃO.. 29

1.12 DETALHES DOS MODOS DE CONFIGURAÇÃO.. 30

1.13 MÉTODOS DE SUPERVISÃO.. 30

1.14 IDENTIFICANDO O ROTEADOR.. 31

1.15 LIMPEZA DOS CONTADORES.. 31

1.16 CONFIGURAÇÃO DE SENHAS.. 31

1.17 CONFIGURANDO INTERFACES SERIAIS.. 32

1.18 CONFIGURANDO INTERFACES ETHERNET. 33

1.19 CONFIGURANDO O ROTEAMENTO ESTÁTICO.. 33

1.20 CONFIGURANDO ROTEAMENTO DINÂMICO.. 34

1.20.1 Configurando RIP.. 35

CAPÍTULO 2 ROTEAMENTO.. 36

2.1 INTRODUÇÃO.. 36

2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS PROTOCOLOS DE ROTEAMENTO.. 37

2.2.1 Distance Vector 37

2.2.2 Tabela Padrão de Rotas. 38

2.2.3 Atualizações da Tabela de Rotas. 38

2.2.4 Métricas de Roteamento. 39

2.2.4.1 Métricas de Roteamento – Saltos (ou Hops) 39

2.2.4.2 Métricas de Roteamento – O Segundo Salto. 39

2.2.4.3 Métricas de Roteamento – O Terceiro Salto. 40

2.2.4.4 Métricas de Roteamento – Escolha. 40

2.2.4.5 Métricas de Roteamento – Largura de Banda. 40

2.2.4.6 Largura de Banda – Segundo Salto. 41

2.2.4.7 Largura de Banda – Terceiro Salto. 42

2.2.4.8 Largura de Banda – O Último Salto. 42

2.2.4.9 Largura de Banda – Fluxo de Tráfego. 42

2.3 AUTONOMOUS SYSTEM (AS) 42

2.3.1 Comunicação entre Diferentes ASs. 43

2.4 CONCEITUANDO DISTÂNCIA ADMINISTRATIVA.. 44

2.5 APLICANDO OS CONCEITOS TEÓRICOS.. 44

2.6 CONFIGURANDO ROTEAMENTO ESTÁTICO.. 45

2.7 CONFIGURANDO ROTEAMENTO DINÂMICO.. 46

2.8 RECORDANDO CONCEITOS DO OSPF.. 46

2.8.1 Pacote Hello. 48

2.8.2 Pacote LSU, Link-State Update. 49

2.8.3 OSPF ID do Roteador 50

2.8.4 OSPF em Redes Multiacessos. 51

2.9 IMPLEMENTANDO MULTI-ÁREA OSPF.. 52

2.9.1 Hierarquia em Multi-área OSPF.. 53

2.9.2 Tipos de Roteadores OSPF em Multi-área. 54

2.10 CONFIGURANDO RIP.. 56

2.11 CONFIGURANDO RIP VERSÃO 2. 57

2.12 CONFIGURANDO EIGRP.. 58

2.13 CONFIGURANDO OSPF EM ÁREA ÚNICA.. 59

2.14 CONFIGURANDO OSPF EM MULTI-ÁREA.. 60

2.15 CONFIGURANDO BGP.. 62

2.16 VALORES DA DISTÂNCIA ADMINISTRATIVA.. 64

CAPÍTULO 3 QUEBRA DE SENHA.. 66

3.1 INTRODUÇÃO.. 66

3.2 RECUPERAÇÃO DE SENHAS.. 67

3.2.1 Recuperação de senhas para roteadores CISCO 2500/4000. 69

3.2.2 Quebra de Senhas usando exemplos práticos. 71

3.2.3 Exemplo de Recuperação de Senha. 71

3.3 SIMBOLOGIA DO IOS.. 74

3.4 TIPOS DE LICENÇA DISPONÍVEIS NO ISR G2. 80

3.4.1 Licença Permanente. 80

3.4.2 Licenças de recursos para ativação de software. 81

3.4.3 Licenças de recursos com direito de uso. 81

3.4.4 Licenças de assinatura. 81

3.4.5 Licenças contadas. 81

3.5 PROCESSO DE LICENCIAMENTO.. 82

3.6 COMANDO ATIVAR/DESATIVAR LICENÇAS DE PACOTES DE TECNOLOGIA.. 85

3.6.1 Verificar uma licença ativada. 86

3.6.2 Verificando a desativação da licença de um pacote de tecnologia. 86

3.6.3 Versões de manutenção. 87

3.7 NOVA NOMENCLATURA DO IOS 15. 88

3.8 ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL IOS.. 88

3.8.1 Salvar uma cópia do IOS antigo. 88

3.8.1.2 Cópia do IOS atual para um servidor TFTP.. 88

3.8.1.3 Perguntas durante o processo de cópia do IOS atual (backup) 89

3.8.1.4 Inicialização do processo de cópia do IOS para o servidor TFTP.. 90

3.8.2 Transferindo o Novo IOS para o Roteador 91

3.8.2.1 Perguntas feitas pelo Roteador ao Copiar o Novo IOS para a Flash.. 91

3.8.2.2 Processo Final de Cópia do Novo IOS.. 91

3.8.3 Como ativar o novo IOS.. 92

3.8.4 IOS rodando a partir da memória Flash.. 92

3.8.5 Configurando o roteador como um servidor TFTP.. 93

3.8.6 Situações possíveis na atualização do IOS.. 93

3.9 COMANDO DE BOOT ALTERNATIVO.. 96

CAPÍTULO 4 RECUPERAÇÃO DO IOS.. 98

4.1 INTRODUÇÃO.. 98

4.2 RECUPERAÇÃO DO IOS.. 98

4.3 ATENTICAÇÃO PAP e CHAP NOS ENLACES COM PPP.. 100

4.3.1 Comando Debug PPP authentication.. 102

4.4 BALANCEAMENTO DE CARGA COM PROTOCOLO PPP.. 102

4.5 COMANDO DEBUG ALL. 104

4.6 ROTEADOR CISCO COMO SERVIDOR DHCP.. 104

4.7 ESTATÍSTICAS DAS INTERFACES.. 104

4.8 COMANDO SHOW… 105

4.9 PROTOCOLOS DE REDUNDÂNCIA DE CAMADA 3. 106

4.9.1 O Protocolo HSRP (Hot Standby Router Protocol) 109

4.9.1.1 HSRP Terminologia. 109

4.9.1.2 Configurando o HSRP.. 110

4.9.1.3 Verificação do HSRP.. 112

4.9.2 HSRP Interface Tracking. 112

4.9.3 Balanceamento de Carga HSRP.. 113

4.10 GATEWAY LOAD BALANCING PROTOCOL (GLBP) 114

4.10.1 Gateway Virtual Ativo GLBP (AVG) 115

4.10.2 Atribuição dos endereços MAC Virtual GLBP.. 117

4.10.3 Gateway de Redundância Virtual GLBP.. 117

4.10.4 Encaminhador de Redundância Virtual GLBP.. 117

4.10.5 Prioridade de Gateway GLBP.. 118

4.10.6 Weighting (Ponderação) e Rastreamento GLBP.. 118

4.10.7 Benefícios do GLBP.. 118

4.10.8 Personalizando as configurações GLBP.. 119

4.11 RESUMINDO.. 121

4.12 CONFIGURANDO A TOPOLOGIA HSRP.. 122

4.12.1 Configurando os Switches. 122

4.12.2 Configurando os troncos entre switches. 123

4.12.3 Configurando um Switch Rota para as VLANs e um Switch Rota Backup. 123

4.12.4 Configurando as portas de acesso aos hosts no Switch SN2-1. 124

4.12.5 Configurando as funções de roteamento nos Switches de nível 3 SN3-1 e SN3-2. 124

4.12.6 Configurando as interfaces HSRP e habilitando o roteamento. 125

4.12.7 Verificando as configurações de HSRP.. 125

4.12.8 Verificando um resumo através do comando show standby brief 126

4.12.9 Verificando o Roteamento através do comando show ip route. 127

4.12.10 Verificando a conectividade entre as VLANs. 127

4.12.11 Verificando a conectividade entre o PC1 e o Servidor Simulado no Core. 127

4.12.12 Verificando a funcionalidade do HSRP.. 128

4.13 CONFIGURANDO STP.. 129

4.14 CONFIGURANDO ROTEAMENTO OSPF.. 130

4.14.1 Habilitando OSPF no RouterR1. 130

4.14.2 Habilitando OSPF n0 RouterR2. 130

4.14.3 Habilitando OSPF no Router_ISP.. 130

4.14.4 Verificando o Roteamento. 130

4.15 CONFIGURANDO O HSRP.. 131

4.15.1 Habilitando HSRP on RouterR1. 131

4.15.2 Habilitando HSRP no RouterR2. 131

4.15.3 Verificando HSRP.. 131

4.15.3.1 Configurando PC1. 132

4.15.3.2 Testando a conectividade usando Ping. 132

4.15.3.3 Testando a conectividade usando Tracert 132

4.15.3.4 Testando HSRP com falha no link. 133

CAPÍTULO 5 LISTAS DE ACESSO.. 140

5.1 INTRODUÇÃO.. 140

5.2 LISTA DE ACESSO PADRÃO.. 140

5.3 LISTA DE ACESSO ESTENDIDA.. 141

5.4 EXEMPLO DE APLICAÇÃO DA ACL. 143

5.5 RESUMINDO.. 143

CAPÍTULO 6 NAT.. 145

6.1 INTRODUÇÃO.. 145

6.2 TOPOLOGIA EXEMPLO.. 145

6.3 NAT ESTÁTICO.. 146

6.4 NAT DINÂMICO.. 147

6.5 COMANDO SHOW APÓS TESTES DE PING.. 148

6.6 NAT DINÂMICO OVERLOAD.. 148

6.7 NAT COMO FIREWALL. 149

6.7.1 Limitações. 149

6.8 RESUMINDO AS LINHAS PARA CONFIGURAÇÃO DO NAT. 150

6.8.1 NAT Estático. 150

6.8.2 NAT Dinâmico. 150

6.8.3 NAT Dinâmico Overload. 150

6.9 TABELAS DE HOSTS.. 151

6.10 CDP CISCO DISCOVERY PROTOCOL. 153

6.11 VISUALIZANDO O COMANDO SHOW NEIGHBOR.. 155

CAPÍTULO 7 FRAME RELAY.. 157

7.1 INTRODUÇÃO.. 157

7.2 EXEMPLO DE REDE WAN FRAME RELAY.. 158

7.3 BANDA GARANTIDA (CIR) 159

7.4 BANDA EXCEDENTE (EIR) 159

7.5 VISÃO GERAL DO FRAME RELAY.. 159

7.6 FORMATO DO FRAME RELAY.. 160

7.7 CIRCUITOS VIRTUAIS.. 161

7.8 INTEGRIDADE DOS DADOS.. 162

7.9 CONTROLE DE FLUXO E TAXAS DE INFORMAÇÃO.. 162

7.10 GERENCIAMENTO DO ESTADO DA CONEXÃO (STATUS POLLING) 164

7.11 USOS DO FRAME RELAY.. 165

7.12 CONFIABILIDADE DO FRAME RELAY.. 165

7.13 UTILIZAÇÃO DO FRAME RELAY.. 165

7.14 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO FRAME RELAY.. 166

7.15 VANTAGENS DO FRAME RELAY.. 167

7.16 DESVANTAGENS DO FRAME RELAY.. 167

7.17 APLICAÇÃO DO FRAME RELAY.. 167

7.18 FUTURO DO FRAME RELAY.. 167

7.19 CONFIGURANDO O FRAME RELAY NO CISCO.. 168

7.20 RESUMINDO.. 170

7.20.1 Configurar Frame Relay na interface e subinterfaces. 170

7.21 CONFIGURANDO O ROTEADOR PARA FUNÇÃO SWITCH FRAME RELAY.. 172

CAPÍTULO 8 CONFIGURANDO O IPV6 NO ROTEADOR CISCO.. 173

8.1 INTRODUÇÃO.. 173

8.2 CRIANDO O EUI 64. 175

8.2.1 Vejamos um exemplo de EUI 64. 176

8.3 HABILITANDO IPV6 NO ROTEADOR CISCO.. 177

8.3.1 Configurações no Roteador Matriz. 178

8.3.2 Configurações no Roteador Internet1. 179

CAPÍTULO 9 SWITCH CISCO.. 182

9.1 INTRODUÇÃO.. 182

9.2 CONFIGURAÇÕES BÁSICAS DO SWITCH CISCO.. 182

9.2.1 Configurações básicas iniciais. 183

9.2.2 Configuração das Portas do Switch. 183

9.3 CRIANDO VLANs E ATRIBUINDO PORTAS.. 184

9.3.1 Para criar VLAN Estática. 184

9.3.2 Atribuindo Portas às VLANs. 185

9.4 CONFIGURANDO IP/TRUNK NA VLAN.. 185

9.4.1 Configurar endereço IP na VLAN.. 185

9.4.2 Configurar trunking. 186

9.5 REMOVENDO VLAN.. 186

9.6 CONFIGURAÇÕES DO ROTEADOR PARA TRÁFEGO ENTRE VLANs. 187

9.6.1 Criar as subinterfaces. 187

9.7 INTRODUÇÃO ÀS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS EM SWITCH CISCO.. 188

9.8 VLAN TRUNK PROTOCOL (VTP) 188

9.8.1 Configurando VTP.. 189

9.8.1.1 Configuração do VTP Server Switch.. 190

9.8.1.2 Configurações para o VTP Client Switch.. 190

9.9 CRIANDO VLANs. 191

9.10 CONFIGURANDO O SWITCH SERVER.. 192

9.11 CONFIGURANDO OS SWITCHES CLIENT. 192

9.12 SPANNING TREE PROTOCOL (STP) 193

9.13 CONFIGURANDO SWITCH DE NÍVEL 3. 193

9.14 ESPELHAMENTO DE PORTAS NO SWITCH.. 195

9.15 PROTOCOLO PAGP (Port Aggregation Protocol) 196

9.15.1 EtherChannel 196

9.15.2 PAGP ou Port Aggregation Protocol 197

9.15.3 Distribuição de Tráfego no EtherChannel 197

9.15.4 802.1Q e ISL em EtherChannels. 198

9.15.5 Restrições. 198

9.16 TOPOLOGIA EXEMPLO PARA CONFIGURAÇÕES PAGP.. 198

9.16.1 Configurações PAGP no Switch2. 199

9.16.2 Configurações PAGP no Switch0. 199

9.16.3 Configurações PAGP no Switch1. 200

9.16.4 Topologia PAGP sem o bloqueio dos Links pelo STP.. 200

9.17 LIMPANDO AS CONFIGURAÇÕES DO SWITCH.. 201

9.17.1 Switches da Série 2900 e 2950. 201

9.17.2 Switches da Série 1900. 202

9.18 CARACTERÍSTICAS DOS SWITCHES.. 203

9.19 NOVAS FUNCIONALIDADES.. 203

9.19.1 Criando VLAN 99. 203

9.19.2 Conectividade IP.. 204

9.20 CONFIGURANDO ENDEREÇOS MAC ESTÁTICO.. 204

9.21 RECUPERAÇÃO DE SENHAS NO SWITCH.. 205

9.22 CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SWITCH NÍVEL 3. 206

9.22.1 Criando Rota Default no Switch Nível 3. 208

9.23 SWITCHES CISCO EMPILHÁVEIS (STACKABLE) 208

9.24 CRIAÇÃO E GERENCIAMENTO DE SWITCH EMPILHÁVEL. 210

9.24.1 Criação. 210

9.24.2 Portas, Cabos e Tipos de Conexão StackWise. 212

9.24.3 Gerenciamento. 216

CAPÍTULO 10 ESTUDO DE CASO EXEMPLO CONFIGURAÇÃO REDUNDÂNCIA PROTOCOLO NIVEL 3. 230

10.1 INTRODUÇÃO.. 230

10.2 DETALHES TÉCNICOS.. 230

10.2.1 Provedor A (AS 100) 231

10.2.2 Provedor B (AS 200) 231

10.2.3 Providências iniciais. 231

10.2.3.1 Topologia do Provedor A (AS 100) 232

10.2.3.2 Topologia do Provedor B (AS 200) 233

10.2.3.3 Topologia da rede do usuário MATRIZ.. 234

10.2.4 Executando as configurações no AS 100. 235

10.2.4.1 Configurando as Interfaces Seriais do Roteador N1. 235

10.2.4.2 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N1. 236

10.2.4.3 Configurando as Interfaces do Roteador N10. 236

10.2.4.4 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N10. 237

10.2.4.5 Configurando o roteamento BGP no Roteador N10. 237

10.2.4.6 Configurando as interfaces no Roteador N11. 237

10.2.4.7 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N11. 237

10.2.4.8 Configurando as interfaces no Roteador N12. 238

10.2.4.9 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N12. 238

10.2.4.10 Testando a conectividade do AS 100. 238

10.2.5 Executando as configurações no AS 200. 240

10.2.5.1 Configurando as Interfaces do Roteador N2. 240

10.2.5.2 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N2. 240

10.2.5.3 Configurando o roteamento BGP no Roteador N2. 241

10.2.5.4 Configurando as Interfaces do Roteador N20. 241

10.2.5.5 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N20. 241

10.2.5.6 Configurando as Interfaces do Roteador N21. 242

10.2.5.7 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N21. 242

10.2.5.8 Configurando as Interfaces do Roteador N22. 242

10.2.5.9 Configurando o roteamento OSPF no Roteador N22. 243

10.2.5.10 Testando a conectividade do AS 200. 243

10.2.6 Executando as configurações na rede do usuário MATRIZ.. 244

10.2.6.1 Configurando as Interfaces do Roteador R1. 245

10.2.6.2 Configurando o roteamento OSPF no Roteador R1. 245

10.2.6.3 Configurando a ACL no Roteador R1. 245

10.2.6.4 Configurando o Servidor DHCP.. 245

10.2.6.5 Configurando as Interfaces do Roteador R2. 246

10.2.6.6 Configurando o roteamento OSPF no Roteador R2. 247

10.2.6.7 Configurando a ACL no Roteador R2. 247

10.2.6.8 Testando a conectividade da rede do usuário MATRIZ.. 247

10.2.7 Redundância nos roteadores R1 e R2. 251

10.2.7.1 Comando show standby no roteador R1 e R2. 251

10.2.7.2 Testando a REDUNDÂNCIA da rede do usuário MATRIZ.. 252

10.2.8 Topologia do Estudo de Caso criada no Simulador 255

10.2.9 Conclusão do Estudo de Caso proposto. 255

CAPÍTULO 11 ESTUDO DE CASO EXEMPLO CONFIGURAÇÃO DE SWITCHES DE NÍVEL 3  257

11.1 INTRODUÇÃO.. 257

11.2 TOPOLOGIA DA REDE ATUAL. 257

11.3 ELEMENTOS DA REDE ATUAL. 258

11.3.1 Matriz. 258

11.3.2 Filial1. 259

11.3.3 Filial2. 260

11.3.4 Considerações finais. 260

11.4 TOPOLOGIA DA REDE NOVA.. 261

11.5 ELEMENTOS DA REDE NOVA.. 262

11.5.1 Matriz. 262

11.5.2 Filial1. 263

11.5.3 Filial2. 263

11.5.4 Considerações finais. 264

11.6 CONFIGURAÇÕES DOS ELEMENTOS DA REDE LAN MATRIZ.. 264

11.6.1 Multilayer Switch1. 264

11.6.1.1 Configurações não obrigatórias. 264

11.6.1.2 Habilitando o Roteamento. 265

11.6.1.3 Criando as VLANs. 265

11.6.1.4 Designando portas às VLANs. 265

11.6.1.5 Configurando as interfaces de tronco. 266

11.6.1.6 Configurando endereços IP nas VLANs. 266

11.6.1.7 Configurando Rotas para acesso à Internet e às Filiais. 267

11.6.1.8 Configurando NAT. 267

11.6.1.9 Habilitando NAT nas interfaces. 267

11.6.1.10 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 268

11.6.1.11 Listagem completa das configurações do Multilayer Switch1. 268

11.6.2 Switch0 e Switch1. 270

11.6.2.1 Configurações não obrigatórias. 270

11.6.2.2 Criando as VLANs. 271

11.6.2.3 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 271

11.7 CONFIGURAÇÕES DOS ELEMENTOS DA REDE LAN FILIAL1. 271

11.7.1 Multilayer Switch2. 271

11.7.1.1 Configurações não obrigatórias. 271

11.7.1.2 Habilitando o Roteamento. 272

11.7.1.3 Criando as VLANs. 272

11.7.1.4 Designando portas às VLANs. 272

11.7.1.5 Configurando as interfaces de tronco. 272

11.7.1.6 Configurando endereços IP nas VLANs. 273

11.7.1.7 Configurando Rotas para acesso à Internet e às Matriz e Filial2. 273

11.7.1.8 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 273

11.7.1.9 Listagem completa das configurações do Multilayer Switch2. 274

11.7.2 Switch2 e Switch3. 276

11.7.2.1 Configurações não obrigatórias. 276

11.7.2.2 Criando as VLANs. 276

11.7.2.3 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 276

11.8 CONFIGURAÇÕES DOS ELEMENTOS DA REDE LAN FILIAL2. 276

11.8.1 Multilayer Switch3. 276

11.8.1.1 Configurações não obrigatórias. 277

11.8.1.2 Habilitando o Roteamento. 277

11.8.1.3 Criando as VLANs. 277

11.8.1.4 Designando portas às VLANs. 277

11.8.1.5 Configurando as interfaces de tronco. 278

11.8.1.6 Configurando endereços IP nas VLANs. 278

11.8.1.7 Configurando Rotas para acesso à Internet e às Matriz e Filial1. 278

11.8.1.8 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 278

11.8.1.9 Listagem completa das configurações do Multilayer Switch3. 279

11.8.2 Switch4 e Switch5. 281

11.8.2.1 Configurações não obrigatórias. 281

11.8.2.2 Criando as VLANs. 281

11.8.2.3 Salvando as configurações da RAM na NVRAM.. 281

11.9 CONCLUSÃO.. 281

CAPÍTULO 12 RESUMO DOS COMANDOS POR MODOS.. 283

12.1 INTRODUÇÃO.. 283

12.2 COMANDOS NO ROTEADOR CISCO.. 283

12.2.1 Comandos no Modo Privilegiado. 283

12.2.2 Comandos no Modo de Configuração Global 285

12.2.3 Comandos no Modo de Configuração Global e de Interface. 287

12.2.4 Comandos no Modo de Configuração de Interface. 289

12.2.5 Comandos no Modo de Configuração de Roteamento. 290

12.2.6 Comandos no Modo ROMMONITOR.. 291

12.2.7 Comandos fora do Roteador 292

12.3 COMANDOS NO SWITCH CISCO.. 292

12.3.1 Comandos no Modo Privilegiado. 292

12.3.2 Comandos no Modo de Configuração Global 293

12.3.3 Comandos no Modo de Configuração Global e de Interface. 293

12.3.4 Comandos no Modo de Interface. 294

12.3.5 Comandos Especiais. 294

CAPÍTULO 13 RESUMO DOS COMANDOS POR ASSUNTO.. 296

13.1 COMANDOS NO ROTEADOR CISCO.. 296

13.2 COMANDOS NO SWITCH CISCO.. 305

CONCLUSÃO.. 308

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.. 309

APÊNDICE A – CADASTRO NO BLOG INFRAESTRUTURA DE REDES.. 310

APÊNDICE B – INDICAÇÕES DE CURSOS ON-LINE/E-BOOKS POR ASSUNTO.. 311

APÊNDICE C – CURSOS ON-LINE DOS AUTORES.. 314

APÊNDICE D – OUTROS E-BOOKS/LIVROS DOS AUTORES.. 315

APÊNDICE E – VIDEOAULAS DOS AUTORES   316

Versão PDF ==>  ver preço e comprar

Maiores informações pelo e-mail cursosead.aff@gmail.com

Anúncios
Esse post foi publicado em Redes de Computadores. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s