4 Anos do Lançamento do Dia Mundial do IPv6: Mais, Maior, Mais rápido, Melhor

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

capa Dominando o IPv6 1a ed_batcapa Dominando Sub-redes no IPv6 e IPv4 1a ed_bat

 

 

 

 

4 Anos do Lançamento do Dia Mundial do IPv6: Mais, Maior, Mais rápido, Melhor

Do original 4 Years of IPv6: More, Bigger, Faster, Better. June 28, 2016.By Monta Monaco Hernon. Contributing Writer

O início de junho marcou o quarto ano de aniversário do lançamento mundial do IPv6, que se destinava a criar a consciência e promover a transição para a nova versão do Protocolo de Internet. No início deste esforço, cerca de 1% do tráfego Internet era do IPv6 em todo o mundo, ao passo que hoje é de 20%.

A mudança está se tornando mais e mais urgente como em algumas áreas do mundo, incluindo a América do Norte, pois não há mais endereços IPv4 para ser obtido. Com uma projeção de 50 bilhões de dispositivos esperados para estar on-line em 2020, a mudança para o IPv6 se torna ainda mais imperativa, pois ele proporciona um espaço de endereçamento para suportar 340 trilhões, trilhões e trilhões de coisas ligadas.

“De nossa perspectiva, nós queremos saber como torna-se possível ter uma conversa (sobre a Internet das coisas) sem falar sobre como lidar com todas essas coisas e como elas vão se comunicar na rede”, disse John Brzozowski, companheiro e chefe arquiteto IPv6, da Comcast (NASDAQ: CMCSA).

A Comcast tem estado na vanguarda da transição para o IPv6 e foi o primeiro ISP importante nos Estados Unidos para implantar capacidade dual-stack IPv4 e IPv6 em toda a sua rede. Cerca de 98 % dos modems de cabo prestados aos clientes são geridos através de uma conexão IPv6, 87% dos clientes estão ativamente aprovisionado com IPv6 para a banda larga e 50% dos set-top boxes X1 usam IPv6 para recursos de energia IP como o guia e determinadas aplicações .

Cerca de um terço do tráfego da Comcast é IPv6, e a empresa espera que este tráfego suba para 50% até o final do ano. Então, se cerca de 90% dos clientes são provisionados com IPv6, por que a discrepância nos números?

“Se você olhar para a anatomia da Internet, há um punhado de componentes-chave”, disse Brzozowski. “Existem as coisas que os operadores fazem, e depois existem coisas na casa como a televisão e o laptop … e depois existe o conteúdo. Estas são áreas onde vemos uma oportunidade para as próximas etapas (IPv6), no lado do conteúdo e do lado da eletrônica de consumo. Mais dessas pessoas estão seguindo o exemplo com o que operadoras de banda larga têm feito e estão implementando o IPv6 hoje”.

Embora a motivação para IPv6 começou como sendo simplesmente uma necessidade de espaço (endereço IP), a Comcast e outros competidores avançados descobriram que o IPv6 é realmente mais rápido. E a Comcast, por exemplo, está usando o IPv6 como plataforma de inovação. “É quase como uma grande API do tipo que permite que você use a rede como uma extensão do software”, disse Brzozowski, observando que o IPv6 é um facilitador para rede definida por software de (SDN) e virtualização de funções de rede (NFV).

Como para a Internet das coisas, os provedores de banda larga tendem a atribuir um endereço IPv4 por casa por causa das limitações. Isto foi compartilhado por toda parte. A comparação pode ser feita com a internet discada, onde quando se estivesse surfando você não poderia usar o telefone.

“(IP)V4 não é muito diferente. À medida que o número de dispositivos conectados continua a crescer e eles tentam compartilhar o endereço IPv4, este torna-se desgastante. Com a vastidão do IPv6, você tem o suficiente para tudo”, disse Brzozowski.

Disponível em: http://www.btreport.net/articles/2016/06/4-years-of-ipv6-more-bigger-faster-better.html?cmpid=enlmobile06282016&eid=288377885&bid=1444750

Acesso em: 28/06/2016

Traduzido e adaptado por Ademar Felipe Fey em 29/06/2016.

Confira nossos E-books e Cursos on-line completos!

capa Dominando o IPv6 1a ed_batcapa Dominando Sub-redes no IPv6 e IPv4 1a ed_bat

Sobre ademarfey

Professor de TI aposentado. Escritor na área de Redes de Computadores e Telecomunicações. Também pesquisa a Imigração Alemã no Brasil desde 2017.
Esse post foi publicado em IPV6, Redes de Computadores e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s